WhatsApp

Otoplastia

Correção de “Orelha de Abano”

Cirurgia de orelha ou Otoplastia é um procedimento estético para melhorar a aparência das orelhas de uma pessoa. Embora a Otoplastia não afete a audição, ela pode proporcionar grandes benefícios psicológicos a qualquer pessoa que tenha sido questionada sobre o tamanho ou a forma de suas orelhas ou simplesmente quer melhorar sua aparência.

A Otoplastia normalmente serve duas funções que são fixar as orelhas proeminentes mais próximo à cabeça e reduzir o tamanho das orelhas grandes. A cirurgia de orelha também pode envolver a correção de lóbulos das orelhas grandes, esticados ou rasgados.

Candidatos

Candidatos à otoplastia podem ser qualquer um que se sinta constrangido com seus ouvidos e que queira melhorar sua aparência. Embora a operação seja mais frequentemente realizada em crianças de sete a catorze anos, esse procedimento pode ser muito benéfico para pessoas de todas as idades. As orelhas estão quase totalmente crescidas aos quatro anos de idade, e a cirurgia precoce pode impedir que uma criança seja provocada na escola. Também é importante que você esteja com boa saúde geral e tenha expectativas realistas sobre o resultado do procedimento. Discuta seus objetivos de otoplastia com o cirurgião  para que você possa alcançar os resultados desejados

Procedimento

Otoplastia é também conhecida como fixação de orelha. O procedimento geralmente leva de duas a três horas e é realizado em nível ambulatorial ou hospitalar. O tipo de anestesia usado normalmente depende da idade do paciente. A anestesia geral é recomendada para pacientes muito jovens, enquanto a anestesia local e um sedativo podem ser usados ​​para crianças mais velhas e adultos. O procedimento de Otoplastia começa com uma pequena incisão feita atrás da orelha localizada na dobra natural onde a orelha encontra a cabeça. A cartilagem é então esculpida e dobrada em sua nova posição para alcançar a aparência desejada. Em alguns tipos de otoplastia, a pele é removida, mas a cartilagem é deixada em uma só peça e apenas se inclina para trás em busca de uma orelha menor. Depois de esculpir a cartilagem até a forma preferida, as suturas são usadas para segurar a orelha na nova posição até que a cicatrização esteja completa. Uma bandagem é então enrolada em volta da cabeça para garantir o novo posicionamento. Para obter uma melhor simetria, ambas as orelhas podem ser operadas mesmo que apenas uma delas tenha alteração.

Recuperação

Após o procedimento de Otoplastia, as bandagens ao redor da cabeça serão usadas com um curativo cirúrgico que deve ser utilizado por aproximadamente duas semana. Os pontos serão removidos dentro de uma semana. Os pacientes de Otoplastia devem evitar dormir de lado nas primeiras duas semanas após a cirurgia. Pacientes de todas as idades costumam voltar ao normal após algumas horas, embora as orelhas possam doer ou pulsar por alguns dias. Medicação de prescrição será disponibilizada para ajudar a aliviar qualquer desconforto. Após cerca de uma semana após a Otoplastia, as crianças podem retornar à escola e os adultos podem retornar ao trabalho e retomar as atividades diárias normais. Depois que as orelhas se curam completamente, geralmente há uma leve cicatriz na parte de trás das orelhas. Por causa da colocação estratégica das incisões na cirurgia de orelha, as cicatrizes são virtualmente imperceptíveis e tipicamente desaparecem com o tempo.

Riscos e Complicações

Como em todas as cirurgias, existem riscos associados à Otoplastia. Uma pequena porcentagem de pacientes pode desenvolver um coágulo no ouvido. Este coágulo geralmente se dissolve naturalmente ou pode ser tratado com uma agulha. Outro risco potencial é uma infecção na cartilagem que pode causar a formação de tecido cicatricial. Esta infecção geralmente pode ser tratada com antibióticos, mas pode ocasionalmente requerer cirurgia. Além disso, você não deve esperar que após a cirurgias suas orelhas fiquem exatamente iguais. Pequenas diferenças são normais, inclusive ouvidos naturais não são idênticos. As complicações são raras e geralmente menores. Eles normalmente podem ser minimizados ao seguir atentamente as instruções de cuidados pós-cirúrgicos do cirurgião