Conheça os benefícios da tecnologia que deixa sua pele lisinha e bonita por mais tempo.

Por ser um método mais eficiente, duradouro e que provoca menos incômodos do que os métodos tradicionais, a depilação a laser se tornou a queridinha de homens e mulheres que querem se livrar dos pelos indesejáveis com mais conforto e resultados que duram por muito mais tempo, mas será que esse procedimento pode ser feito no corpo todo e em qualquer tipo de pele? Existe algum risco e quais devem ser os cuidados antes e depois das sessões?

Para responder essas e outras dúvidas recomendamos a leitura deste post!

Veja como é feita a depilação a laser.

A depilação a laser é o melhor método para acabar com os pelos indesejáveis, de várias regiões do corpo, como axilas, pernas, virilha, região íntima e barba, de modo definitivo.

Neste tipo de depilação, o dermatologista irá utilizar um aparelho de laser que emite um comprimento de onda que gera calor e que atinge o local onde o pelo cresce, danificando-o, o resultado é a eliminação do pelo.

Antes da primeira sessão, o dermatologista deve limpar adequadamente a pele com álcool para remover qualquer vestígio de oleosidade ou creme hidratante e remover os pelos da região a ser tratada com uma lâmina ou creme depilatório para que o laser possa se concentrar apenas no bulbo piloso e não no pelo em si, na sua parte mais visível. A seguir o tratamento com laser é iniciado.

Após cada região ser depilada é recomendado o resfriamento da pele com gelo, spray ou gel frio, mas os equipamentos mais recentes contém uma ponteira que permite o resfriamento do local logo após cada disparo do laser. Ao final de cada sessão é recomendado aplicar uma loção calmante na pele tratada.

Cerca de 15 dias após o tratamento, os pelos ficam soltos e caem, dando uma falsa aparência de crescimento, mas estes são facilmente removidos no banho.

A depilação a laser provoca dor?

Durante o tratamento é normal sentir um pouco de dor e desconforto, como se fossem algumas picadinhas no local. Quanto mais fina e sensível for a pele da pessoa, maior a chance de sentir dor durante a depilação. As áreas onde se sente mais dor são as que possuem mais pelo e onde este é mais grosso, no entanto são nessas regiões que o resultado é melhor e mais rápido, necessitando de menos sessões.

Não se deve aplicar pomada anestésica antes do procedimento porque ela obrigatoriamente deve ser retirada antes dos disparos e a dor e a sensação de queimação intensa na pele são parâmetros importantes para identificar se existe queimadura, havendo necessidade de regular melhor o aparelho de laser.

Cuidados recomendados antes de realizar a depilação a laser:

  • Ter a pele devidamente hidratada porque assim o laser atua melhor, por isso deve-se beber bastante água e usar creme hidratante nos dias anteriores ao tratamento;
  • Não realizar depilação que remova o pelo pela raiz dias antes da depilação a laser, porque o laser deve atuar exatamente sobre a raiz do pelo;
  • Não ter feridas abertas ou hematomas no local onde será feita a depilação;
  • Áreas naturalmente mais escuras como axilas, podem ser clareadas com cremes e pomadas antes do procedimento para um melhor resultado;
  • Não tomar sol pelo menos um mês antes e depois de realizar o tratamento, nem usar creme autobronzeador.
  • As pessoas que clareiam os pelos do corpo podem fazer a depilação a laser, porque o laser atua diretamente sobre a raiz do pelo, que nunca muda de cor.

Como fica a pele depois da sessão?

Depois da primeira sessão de depilação a laser é normal que o local exato do pelo fique um pouquinho mais quente e avermelhado, sendo indicativo da excelência do tratamento. Essa irritação da pele desaparece depois de algumas horas.

Por isso, depois de uma sessão de tratamento é preciso ter alguns cuidados com a pele para evitar que fique manchada e escura, como loção calmante e evitar se expor ao sol, além de usar sempre protetor solar nas áreas que podem estar naturalmente expostas ao sol como rosto, colo, braços e mãos.

Quantas sessões são necessárias?

O número de sessões varia de acordo com a cor da pele, cor do pelo, espessura do pelo e do tamanho da área que será depilada.

Em geral, pessoas com peles claras e que pelos grossos e escuros necessitam de menos sessões que as pessoas com peles morenas e pelos finos, por exemplo.

Geralmente, são indicadas 5 sessões ou mais, dependendo das necessidades do paciente e das orientações do dermatologista. 

As sessões de manutenção são necessárias porque podem restar folículos imaturos, que ainda vão se desenvolver após o tratamento. Como estes não apresentavam melanócitos, o laser não consegue atuar sobre eles. Recomenda-se que a 1ª sessão de manutenção seja feita depois que surgirem pelos novamente, o que varia de uma pessoa para outra, mas é quase sempre após 8-12 meses.

Depilação a laser tem contraindicações?

Sim, há algumas condições em que este método não é indicado, como:

  • Pelos muito claros ou brancos;
  • Diabetes não controlada, que leva a alterações de sensibilidade na pele;
  • Hipertensão descontrolada porque pode haver um pico de pressão;
  • Epilepsia, porque pode dar origem a uma crise epilética;
  • Gravidez, sobre a área da barriga, mama ou virilha;
  • Toma de remédios fotossensibilizantes, como a isotretinoína, nos 6 meses anteriores;
  • Doenças de pele como psoríase e vitiligo;
  • Feridas abertas ou hematoma recente no local da exposição ao laser;
  • Durante o tratamento de câncer.

A depilação a laser pode ser feita em todas as áreas do corpo?

A depilação a laser pode ser realizada em quase todas as áreas do corpo com exceção das mucosas, da parte inferior das sobrancelhas e diretamente sobre os órgãos genitais.

É importante que o procedimento seja realizado por um profissional capacitado e em um ambiente adequado, uma vez que caso a intensidade do aparelho não estiver bem estabelecida, pode haver queimaduras, cicatrizes ou alteração da cor da pele (clara ou escura) da região tratada.

Quais os tipos de pele mais adequados para fazer a depilação a laser?

Uma vez que o alvo do laser é a melanina, o procedimento não é indicado para pacientes que estejam bronzeados.

Pessoas de pele morena ou negra devem fazer esse tipo de depilação com parâmetros diferenciados para evitar lesões como queimaduras e manchas, que podem ser de difícil tratamento.

Veja os cuidados que você deve ter após realizar o procedimento:

1. Evite a exposição solar

A melanina é a proteína responsável pela coloração da nossa pele e pelos. Quando nos expomos ao sol, sua produção é estimulada para proteger a pele dos raios UV.

O laser age quando os feixes de luz são disparados ao entrar em contato com a pigmentação dos fios. Se a sua pele estiver com uma quantidade aumentada de melanina durante o tratamento, existe o risco de adquirir manchas e queimaduras.

Além disso, a pele tende a ficar um pouco sensível e vermelha após as sessões. Por esse motivo é recomendado evitar a exposição solar por, pelo menos, duas semanas antes e duas semanas após as sessões.

2. Não use cera quente durante o tratamento

Durante o tratamento é permitido apenas o uso de lâmina de barbear. É obrigatório raspar os pelos da área a ser tratada de 12 a 14 horas antes de cada sessão.

Pelo menos um mês antes de começar o tratamento, o uso de cera quente deve ser suspendido, já que a raiz deve estar presente nos folículos para que o laser possa identificá-la e destruí-la.

Durante o tratamento é permitido apenas o uso de lâmina de barbear, e é obrigatório raspar os pelos da área a ser tratada de 12 a 14 horas antes de cada sessão.

3. Suspenda o uso de produtos que contenham ácidos

Os ácidos, presentes em muitos dermocosméticos para clareamento, afinam e alteram a coloração da pele, deixando-a mais sensível. Consulte seu dermatologista para suspender o uso de produtos com ácido por um tempo.

4. Use roupas leves

O laser tende a deixar a pele um pouco sensível. Portanto, é recomendado evitar roupas grossas ou apertadas, pois o atrito na região tratada pode irritar mais ainda a pele e até causar manchas. Evite roupas sintéticas, que dificultam a respiração da pele.

5. Use protetor solar

A exposição solar deve ser evitada por, pelo menos, 30 dias após o tratamento. Se não for possível, certifique-se de cobrir a área com roupas leves e usar um filtro solar com fator mínimo de proteção 30.

No caso do rosto, é importante aplicar o protetor solar com frequência, principalmente se a pele estiver molhada ou suada. Chapéus são uma ótima opção para ajudar na proteção.

A depilação a laser também é para os homens.

Os homens podem se beneficiar da depilação a laser e os resultados já são percebidos nas primeiras sessões. O método é rápido, seguro e pode ser realizado em quase todos os tipos de pele.

Confira 5 benefícios:

  • Praticidade: é a forma mais duradoura de manter a depilação em dia, de tal forma que economiza tempo e dinheiro;
  • Higiene: o excesso de pelos pode aumentar a umidade local, tornando propícia a proliferação de bactérias;
  • Aumento do desempenho esportivo: estudos comprovam que a pele lisinha contribui para melhor performance de atletas. A retirada dos pelos diminui a força de tração e pode reduzir o tempo de prova na corrida, na natação e no ciclismo;
  • Realça o tônus muscular: a ausência dos pelos ajuda a destacar a hipertrofia, deixando os músculos em destaque;
  • Foliculite: o método é o mais eficiente para tratar a doença, por eliminar os folículos pilosos, e consequentemente os pelos, evitando os problemas inflamatórios.

Entenda porque não é indicado fazer depilação a laser no verão.

No verão, inevitavelmente a pele fica mais bronzeada. Tanto para quem se expõe ao sol para ganhar a cor dourada, quanto para quem evita as queimaduras, a maior intensidade dos raios solares acaba por amorenar a pele nesta época do ano. Da mesma forma, muitas vezes os pelos também clareiam com o sol, o que acaba enfraquecendo o contraste entre a pele e os fios. Por este motivo, muitas vezes o laser não reconhece a diferença e acaba por criar queimaduras na pele, que podem evoluir para manchas bem difíceis de eliminar.

Fontes: Tua Saúde e Derma Club.

Gostou de saber mais sobre o assunto?

Compartilhe este conteúdo com seus amigos!

Depois de ter lido este post, esperamos que você tenha tirados todas as suas dúvidas!

Você quer eliminar os pelos indesejáveis com mais conforto e melhores resultados? Venha para a Clínica Dermac!