WhatsApp

Carboxiterapia

As funções metabólicas do tecido adiposo são mediadas primeiramente pelo fluxo e seu aumento é o principal mecanismo na mobilização dos ácidos graxos livres. Consiste na administração subcutânea do anidro carbônico (CO2).

A introdução ao tecido de CO2 promove vasodilatação, com consequente aumento do fluxo sanguíneo na hipoderme (tecido gorduroso).

O CO2 medicinal é tóxico, não embólico, aplicado em medicina e intento de efeitos sistêmicos nas doses empregadas.

A carboxiterapia é amplamente empregada no tratamento da celulite, pré e pós lipoaspiração, flacidez cutânea e em diversos outras patologias (arteriopatias, cicatrização de ulceras e psoríase)

Tratamento

Aplicações são feitas 2 a 3 x por semana em média 15 sessões, com duração de 20 a 30 mim cada distribuídas nas áreas a serem tratadas.

Em geral as melhoras serão notadas com melhora da qualidade da pele, tanto nas estrias quanto na celulite.

Não existem importantes contraindicações, nem reações adversas sistêmicas descritas.